.
  • LF Resende
  • Grupo do Whatzap
  • Tok Cell
  • Animal Pet
  • Microbackup
  • Dj Boblany
Morre, aos 63 anos, o jornalista Jorge Bastos Moreno.

Morre, aos 63 anos, o jornalista Jorge Bastos Moreno.

Postado em: 14/06/2017 ás 09:55  |  Autor: Grupo Cidade News
Morre, aos 63 anos, o jornalista Jorge Bastos Moreno.

Cidade News

Morreu na madrugada desta quarta-feira (14/6), no Rio de Janeiro, o jornalista Jorge Bastos Moreno. Colunista do jornal O Globo, ele tinha 63 anos e faleceu vítima de um edema agudo de pulmão decorrente de complicações cardiovasculares.

Com mais de 40 anos de carreira, era um dos mais renomados repórteres políticos do Brasil. Apaixonado pelas mais diversas plataformas da informação, estava à frente do Blog do Moreno, comandava o talk show Moreno no Rádio, na CBN, e era âncora do programa Preto no Branco, do Canal Brasil. Além disso, fazia participações frequentes na GloboNews.

No campo literário, escreveu dois livros. “A história de Mora – a saga de Ulysses Guimarães” foi lançado em 2013 e mistura realidade e ficção. Em março deste ano, inovou no livro “Ascensão e queda de Dilma Rousseff”, transformando mensagens de Twitter em um relato histórico.

Entre seus grandes furos, está a nomeação do general João Figueiredo como sucessor do general Ernesto Geisel. Durante o impeachment de Fernando Collor, em 1992, Moreno descobriu que um Fiat Elba de propriedade do então presidente tinha sido comprado pelo “fantasma” José Carlos Bonfim. Venceu o Prêmio Esso de Informação Econômica de 1999 com a notícia da queda do então presidente do Banco Central Gustavo Franco e a consequente desvalorização do real.

Moreno nasceu em Cuiabá e viveu em Brasília desde a década de 1970. Há 10 anos morava no Rio.

Publicidade


________________

________________